segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Crespo já mandou convites para o seu programa



Crespo quer ouvir as autoridades húngaras que, quando lhes é entregue a presidência da UE, legislam no sentido da aplicação de multas elevadas – até 750 mil euros – aos autores de notícias que não sejam “politicamente equilibradas”.

E ser ou não politicamente equilibrado dependerá do juízo de uma entidade reguladora cujos membros são todos nomeados pelo governo húngaro.

A lei aplica-se a televisões, jornais, rádios e até a blogues.

Consta que a Manuela Moura Guedes e a Felícia Cabrita já estão a caminho, estando garantidas reportagens a preceito na SIC e no Sol.

1 comentário:

Arriaga disse...

Afinal quem é que foi ameaçado? A Linda de Suza ou o Mário Crespo.

Terá algo a ver com o Banco Presidencial de Negócios?