quarta-feira, 27 de maio de 2009

Vai fermoso mas não seguro...

Estava no programa do Mário Crespo e eram 21.48 quando afirmou que Oliveira e Costa nada responderia na sua audição na AR, considerando-a desnecessária. Oliveira e Costa estava então a responder e continuou a responder, longamente, até às 00.19 horas. Mas António José Seguro tinha já a sua certeza quanto ao desfecho.
E quanto à irrelavância da audição de Oliveira e Costa estava bem acompanhado pelo seu parceiro de debate, José Luís Arnaut. E como se percebe isso, quando anda por lá um conselheiro e um comendador. Mas que maltratados que ficaram!
Mas que a audição vai dar que falar, isso vai. E quem inquiriu está ali na SIC-N a considerar úteis as declarações.
Azar para quem fala antes do tempo e, sobretudo, se arma em bruxo. Apesar do estafado ar institucional do eterno candidato a candidato.

2 comentários:

2MOPinto disse...

Prefiro realçar a sua "fermosura" e a segurança que demonstrou quando vou contra a Lei do financiamento dos partidos.

2MOPinto disse...

Bolas...
Este blog deveria ter corrector (ou será corretor?) ortográfico...

Eu queria dizer que prefiro realçar a sua "fermosura" e a segurança que demonstrou ao ser o único deputado que votou contra a Lei do Financiamento dos Partidos Políticos.